AECIPP promove viagem técnica para policiais militares da região do CIPP

26/02/19

Entre os dias 11 e 15 de fevereiro, membros da 4ª Companhia do 12º Batalhão da Polícia Militar do Ceará, que atuam na região do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), viajaram para Paraná e São Paulo para uma visita técnica aos portos dos estados. Na ocasião, os policiais puderam conhecer o funcionamento dos portos e como a Polícia Militar atua em cada região, seus pontos positivos e de atenção. A viagem foi uma iniciativa da Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP).

Inicialmente, a comitiva visitou o Porto de Paranaguá, no Paraná, segundo maior do Brasil, onde foi recebida pelo Tenente-coronel Correia do 9º Batalhão da PM do Paraná, que apresentou a atuação da companhia na região. Segundo relata o Capitão Lutiane que fez parte da comitiva cearense na viagem, em Paranaguá, os policiais do batalhão têm uma atuação mais ampla, auxiliando inclusive no trânsito, fazendo Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) e flagrantes, segundo ele, a questão da segurança pública no entorno do porto melhorou muito, uma vez que as demandas de criminalidade são rapidamente combatidas pelos policiais. “Mesmo havendo uma guarda portuária que faz toda a segurança interna do porto, quando há uma demanda que a guarda não consegue atender, a PM é acionada. Em picos de safra, quando o fluxo de caminhões chega a mais de cinco mil, os policiais também são acionados para fazer a escolta dos caminhões com o objetivo de evitar certos tipos de crimes”, conta.

Em Santos, os policiais cearenses foram recebidos por representantes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e da Autoridade Portuária. No porto de Santos, a atuação do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar é um pouco mais restrita, atendendo sinistros e crimes que a guarda portuária não consegue resolver. “Lá, mesmo com uma atuação mais limitada, os policiais estão preparados para intervir quando acionados para ocorrências no porto”, relata. No encontro com os representantes do porto, a comitiva cearense participou ainda de palestras que abordaram temas como Plano de Contingência Nacional e Planos de Área e de Ação que os portos precisam ter.

Segundo o Capitão Lutiane, a viagem foi muito importante para planejar ações para melhoria da segurança da região do Complexo Industrial e Portuário do Pecém. “Ainda durante as visitas, pensamos em planejar aqui no Ceará um curso de policiamento em áreas portuárias e industriais, no qual o policial receberá treinamento para atender especificamente as demandas que o porto exige. Para isso estamos em contato com a AECIPP e vamos apresentar o plano para os altos escalões da PM para que as medidas sejam, dentro do possível, adotadas”, finaliza.