AECIPP participa de lançamento de ações imediatas Pacto pelo Pecém
10/07/2024

O presidente da Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP), Eduardo Amaral, esteve presente no lançamento de ações imediatas do Pacto pelo Pecém, que visam melhorar a estrutura do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), anunciadas pelo  governador Elmano de Freitas e pelo  presidente do CIPP, Hugo Figueirêdo. 

Foram anunciadas nove ações, dentre elas estão a ordem de serviço para construção de rotatória de acesso ao portão 2 do Porto; liberação de R$ 3,9 milhões para construção de alças de acesso entre as CE-085 e CE-155; a implantação do 5G em todo o Complexo por parte da empresa Brisanet.

“A compreensão da importância de se ter um Porto vem de muito tempo no Ceará e é por isso que seguiremos avançando. Nós temos que pensar no desenvolvimento do Porto, mas também em seu entorno e da população que ali vive. O Complexo é muito importante, mas mais importante são as pessoas que fazem o seu dia a dia. A joia que é o Porto do Pecém precisa ser muito bem cuidada por nós e aqui estamos anunciando obras estruturantes que são muito importantes neste sentido”, ressalta Elmano de Freitas. 

O Pacto pelo Pecém é uma articulação entre Governo do Estado, CIPP, Assembleia Legislativa do Ceará, prefeituras de Caucaia e de São Gonçalo do Amarante e AECIPP.

“Gostaria de ressaltar a importância das empresas que integram a AECIPP e o quanto elas têm contribuído para o desenvolvimento do Estado. Nossas empresas estão prontas para colaborar com todas as partes envolvidas, contribuindo com suas expertises e recursos para que o Complexo Industrial e Portuário do Pecém se consolide como um verdadeiro propulsor do desenvolvimento econômico e social do Ceará”, afirma Eduardo Amaral.

Participaram do evento o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Ricardo Cavalcante; o secretário do Desenvolvimento Econômico, Salmito Filho; o  CEO da Brisanet, José Roberto Nogueira; o deputado Júlio César; dentre outras autoridades, representantes da iniciativa privada e comunidades locais.